Publicado em Deixe um comentário

Benefícios do Óleo Essencial de Orégano – Orientação de Uso

O uso de óleos essenciais tornou-se cada vez mais popular nos últimos anos, à medida que as pessoas procuram maneiras naturais de melhorar sua saúde e bem-estar. O óleo essencial de orégano é um dos óleos mais versáteis e potentes disponíveis, com uma ampla gama de benefícios potenciais. Nesse artigo veremos o que é o óleo essencial de orégano, para que pode ser usado e como usá-lo para obter o máximo benefício.

O que é óleo essencial de orégano e quais são seus benefícios potenciais.

História e Origem do Óleo Essencial de Orégano.

O óleo essencial de orégano tem sido usado medicinalmente há séculos. O uso mais antigo registrado de óleo de orégano remonta aos antigos gregos, que o usavam como remédio herbal para uma variedade de doenças, incluindo resfriados, tosse, indigestão e dores de estômago.

O nome “orégano” vem das palavras gregas “oros” e “ganos”, que significam “montanha” e “alegria”, respectivamente. O orégano verdadeiro (Origanum vulgare) é um membro da família das mentas (Lamiaceae) e é nativo da Europa, Ásia e África. Existem mais de 40 espécies diferentes de orégano, mas apenas algumas são usadas por suas propriedades medicinais ou culinárias.

Componentes Primários do Óleo Essencial de Orégano.

O óleo essencial de orégano é extraído das folhas e flores da planta de orégano por meio de destilação a vapor. Os principais componentes do óleo essencial de orégano são carvacrol e timol. O carvacrol é o composto mais abundante no óleo de orégano, respondendo por 60-90% do teor total de óleo.

Veja :  Descubra o poder do óleo essencial de copaíba: o que dizem as pesquisas

O timol é outro composto importante no óleo essencial de orégano, representando 5-20% do teor total de óleo. O óleo essencial de orégano também contém quantidades menores de outros compostos, como terpineno, limoneno, pineno, cariofileno, linalol e geraniol.

Benefícios potenciais do óleo essencial de orégano.

O óleo essencial de orégano tem uma ampla gama de potenciais benefícios para a saúde devido à sua composição única de compostos. Algumas pesquisas sugerem que o óleo essencial de orégano pode ser eficaz contra certos tipos de bactérias, vírus, fungos e parasitas; no entanto, mais pesquisas são necessárias para confirmar essas afirmações. Além disso, algumas evidências preliminares sugerem que o óleo essencial de orégano pode ajudar a reduzir a inflamação e a dor associada à artrite ou dor muscular quando aplicado topicamente (na pele).

O óleo essencial de orégano também possui propriedades antioxidantes, o que significa que pode ajudar a proteger as células dos danos causados pelos radicais livres; no entanto, novamente, mais pesquisas são necessárias nesta área antes que qualquer afirmação definitiva possa ser feita.

Para que serve o óleo essencial de orégano?

Óleo essencial de orégano e candidíase:

A candidíase é uma infecção fúngica que pode ocorrer na boca, garganta, órgãos genitais ou em qualquer outra parte do corpo. O óleo essencial de orégano tem propriedades antifúngicas e pode ser eficaz contra a candidíase. Um estudo publicado em 2009 descobriu que o óleo essencial de orégano era eficaz contra Candida albicans, um tipo de fungo que pode causar candidíase.

Óleo essencial de orégano e infecção do trato urinário:

As infecções do trato urinário (ITUs) são causadas por bactérias que entram no trato urinário. O óleo essencial de orégano tem propriedades antimicrobianas e pode ser eficaz contra as bactérias que causam infecções do trato urinário. Um estudo publicado em 2014 descobriu que o óleo essencial de orégano era eficaz contra Escherichia coli, um tipo de bactéria que costuma ser responsável por infecções do trato urinário.

Óleo essencial de orégano e verrugas:

As verrugas são crescimentos na pele causados por vírus da família do papilomavírus humano (HPV). O óleo essencial de orégano tem propriedades antivirais e pode ser eficaz contra verrugas relacionadas ao HPV. Um estudo publicado em 2015 descobriu que o óleo essencial de orégano era eficaz contra o HPV-16, um tipo de HPV que pode causar verrugas.

Veja :  Gordura no Fígado Sintomas e Tratamento Natural

Óleo essencial de orégano e parasitas:

Parasitas são organismos que vivem sobre ou dentro de outro organismo (o hospedeiro) e dependem do hospedeiro para se alimentar e se abrigar. O óleo essencial de orégano tem propriedades antiparasitárias e pode ser eficaz contra parasitas como Giardia lamblia, um parasita protozoário que pode causar doenças gastrointestinais. Um estudo publicado em 2016 descobriu que o óleo essencial de orégano foi eficaz contra Giardia lamblia in vitro (em tubos de ensaio).

Óleo essencial de micose de unha:

A micose ungueal é uma infecção fúngica das unhas. O fungo Trichophyton rubrum é uma causa comum de micose de unha. O óleo essencial de orégano tem propriedades antifúngicas e pode ser eficaz contra micose de unha causada por Trichophyton rubrum.

Como usar o óleo essencial de orégano para obter o máximo de benefícios.

Aromaterapia (inalação) : óleo de orégano e emocional

Para usar o óleo essencial de orégano para aromaterapia, adicione 3-5 gotas do óleo a um difusor ou vaporizador. Você também pode adicionar algumas gotas a uma tigela de água fervente e inalar os vapores.

Aplicação Tópica:

O óleo essencial de orégano pode ser aplicado topicamente, mas deve ser diluído com um óleo transportador, como jojoba ou óleo de amêndoa. Para fazer uma aplicação tópica, misture 2-3 gotas de óleo essencial de orégano com 1 colher de sopa de óleo transportador. Aplique a mistura na área desejada e massageie suavemente.

Ingestão Oral:

O óleo essencial de orégano também pode ser tomado por via oral, mas, novamente, deve ser diluído primeiro. Para fazer uma solução oral, misture 1 gota de óleo essencial de orégano com 1 colher de chá de mel ou azeite. Engula a mistura e regue com água, se necessário.

Considerações de segurança ao usar o óleo essencial de orégano:

Sensibilização/Irritação:

O óleo essencial de orégano é geralmente considerado seguro quando usado topicamente e aromaticamente. No entanto, algumas pessoas podem sentir irritação ou sensibilização da pele. Se você tem pele sensível, é melhor fazer um teste de contato antes de usar o óleo essencial de orégano em uma grande área da pele. Para fazer um teste de contato, aplique uma pequena quantidade de óleo essencial de orégano diluído em uma área discreta da pele e espere 24 horas para ver se há alguma reação. Se sentir vermelhidão, coceira ou queimação, interrompa o uso e consulte um profissional de saúde.

Interações Medicamentosas.

Há pesquisas limitadas sobre as possíveis interações medicamentosas do óleo essencial de orégano. No entanto, como o óleo essencial de orégano pode atuar como anticoagulante, é melhor evitar usá-lo se estiver tomando anticoagulantes, como a varfarina (Coumadin). O óleo essencial de orégano também pode interagir com medicamentos que são decompostos pelo fígado (como o acetaminofeno), por isso é importante falar com seu médico antes de usar o óleo essencial de orégano se você tomar algum medicamento regularmente.

Veja :  Aumente a performance no treino com óleo essencial de hortelã-pimenta

Gravidez/Amamentação.

O óleo essencial de orégano deve ser evitado durante a gravidez e amamentação devido à falta de dados de segurança. Se estiver grávida ou amamentando, é melhor falar com seu médico antes de usar o óleo essencial de orégano.

Como incluir o óleo essencial de orégano em sua rotina de bem-estar.

Comece devagar:

Ao incorporar o óleo essencial de orégano pela primeira vez em sua rotina de bem-estar, é melhor começar aos poucos. Isso ajudará você a avaliar sua resposta individual ao óleo e evitar possíveis reações adversas. Para começar pequeno, comece espalhando algumas gotas de óleo essencial de orégano em sua casa ou escritório. Você também pode adicionar algumas gotas a um óleo transportador e aplicá-lo topicamente no peito ou nos pés. Se você estiver tomando óleo essencial de orégano internamente, comece com uma gota de água ou suco uma vez por dia e aumente conforme tolerado.

Monitore sua resposta:

Como acontece com qualquer nova adição à sua rotina de bem-estar, é importante monitorar sua resposta ao usar o óleo essencial de orégano. Isso significa prestar atenção aos efeitos positivos e negativos que o óleo tem em sua mente e corpo. Por exemplo, algumas pessoas podem achar que o óleo essencial de orégano ajuda a melhorar sua função respiratória, enquanto outras podem sentir irritação na pele devido à aplicação tópica. Acompanhe como você se sente antes e depois de usar o óleo essencial de orégano para poder identificar qualquer alteração no seu bem-estar.

Agende uma consulta :

Se você tiver alguma dúvida sobre o uso de óleo essencial de orégano ou estiver grávida ou amamentando, é sempre agendar uma consulta antes de iniciar o uso. Você pode enviar um email para larissaplyra@gmail.com ou entrar em contato pelo whatsapp (21) 995923962. Atendimento presencial e online para todo o Brasil. Espero você!

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *