Publicado em Deixe um comentário

Chegou a Páscoa, Nutri! E agora?

A Páscoa é uma época de celebração e renovação. O momento de se reunir com a família e amigos, compartilhar momentos e, claro, saborear as delícias que essa data oferece – principalmente os ovos de chocolate. Mas, infelizmente, muitas pessoas têm medo de comer o quanto gostariam por conta da preocupação com a saúde e o peso.

Embora a alimentação equilibrada seja importante, não precisamos nos privar completamente dessas delícias. É possível aproveitar essa época com moderação, mas também podemos incorporar pequenos hábitos saudáveis a nossa rotina durante todo o ano.

Uma alimentação saudável não significa deixar de comer o que gostamos, mas sim balancear as escolhas e quantidades. Além disso, é fundamental ter uma relação saudável e consciente com a comida. Isso significa evitar o hábito de se restringir excessivamente ou se entregar compulsivamente a determinados alimentos.

Devemos nos permitir saborear com prazer os alimentos que gostamos, sem culpa ou remorso, e assim aproveitar a vida de forma mais harmônica e balanceada. O importante é ter um equilíbrio entre a alimentação, a atividade física e a saúde mental.

Portanto, nesta Páscoa, que tal aproveitar com moderação esses momentos de convívio e prazer, saboreando com consciência todas as delícias que essa data oferece? E, durante o ano todo, vamos cuidar de nossa saúde e bem-estar, tendo uma relação mais equilibrada e consciente com a comida.

Como evitar a compulsão alimentar em datas festivas?

  1. Planeje com antecedência: antes do evento, liste os alimentos que você deseja comer e faça um plano de quantidades. Mantenha-se fiel a esse plano no dia do evento.
  2. Não vá com fome: comer um lanche saudável antes de ir para o evento pode ajudar a evitar a compulsão alimentar.
  3. Escolha opções saudáveis: faça escolhas alimentares sábias e opte por alimentos com menos calorias e mais nutrientes, como legumes e frutas.
  4. Priorize a socialização: foque mais em conversar com amigos e familiares e menos na comida. Isso ajuda a desviar a atenção da comida e evitar a compulsão alimentar.
  5. Controle o estresse: o estresse pode levar à compulsão alimentar. Encontre meios de relaxar e combater o estresse.
  6. Não se culpe: se você acabar comendo mais do que planejou, não se culpe. Amanhã é um novo dia e você pode voltar a sua rotina saudável
Veja :  Além do hype: Existe dieta anti-inflamatória ?

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *