Publicado em Deixe um comentário

Dieta aplv

Olá, queridos leitores! Aqui é a Dra. Larissa Scharf, Nutricionista, e hoje vamos falar sobre a “Dieta para APLV” (Alergia à Proteína do Leite de Vaca). Vou responder às perguntas mais frequentes sobre essa abordagem alimentar para ajudar você a entender melhor como ela funciona e como pode ser incorporada na sua rotina.

Vamos começar!

O que é APLV?


APLV, ou Alergia à Proteína do Leite de Vaca, é uma condição na qual o sistema imunológico reage às proteínas encontradas no leite de vaca. É mais comum em crianças, mas pode afetar pessoas de todas as idades.

Quais são os sintomas da APLV?


Os sintomas podem variar, mas frequentemente incluem problemas gastrointestinais (como diarreia e vômitos), reações cutâneas (como urticária e eczema) e problemas respiratórios (como chiado e tosse). Em casos graves, pode causar anafilaxia.

Como é diagnosticada a APLV?


O diagnóstico é feito por meio de uma combinação de história clínica, testes cutâneos, exames de sangue e, em alguns casos, dieta de eliminação e reintrodução sob supervisão médica.

Quais alimentos devem ser evitados na dieta para APLV?


Qualquer alimento que contenha leite de vaca ou derivados deve ser evitado. Isso inclui leite, queijos, iogurtes, manteiga, soro de leite, caseína e outros ingredientes que contenham proteínas do leite.

Quais são as alternativas ao leite de vaca na dieta para APLV?


Existem muitas alternativas, como leites vegetais (de amêndoa, coco, soja, arroz, aveia), fórmulas infantis hipoalergênicas, e produtos lácteos sem lactose que também podem ser uma opção, dependendo do caso específico.

Como garantir a ingestão adequada de cálcio e vitamina D na dieta para APLV?


A suplementação pode ser necessária para garantir níveis adequados de cálcio e vitamina D. Além disso, muitos leites vegetais são fortificados com esses nutrientes. Vegetais de folhas verdes, sementes de gergelim, e peixes enlatados com ossos também são boas fontes de cálcio.

A dieta para APLV é a mesma coisa que a dieta sem lactose?


Não, são diferentes. A dieta para APLV elimina todas as proteínas do leite de vaca, enquanto a dieta sem lactose elimina apenas a lactose, o açúcar do leite. Pessoas com APLV precisam evitar todas as formas de proteína do leite, não apenas a lactose.

Quais cuidados devo ter ao ler rótulos de alimentos na dieta para APLV?


Sempre verifique os rótulos dos alimentos para garantir que não contêm leite ou derivados. Procure termos como caseína, soro de leite, lactose, lactoalbumina, e outros indicativos de presença de proteínas do leite.

É possível comer fora de casa com segurança seguindo a dieta para APLV?


Sim, mas é necessário ser cauteloso. Informe sempre o restaurante sobre a alergia e pergunte sobre os ingredientes e métodos de preparo. Restaurantes que oferecem opções veganas ou especializadas em alergias alimentares podem ser mais seguros.

A APLV pode ser curada ou superada com o tempo?


Em muitos casos, especialmente em crianças, a APLV pode ser superada com o tempo. No entanto, é importante fazer isso sob orientação médica e nutricional para garantir que a reintrodução do leite seja segura.

Se você ou seu filho foi diagnosticado com APLV e precisa de orientação sobre como seguir uma dieta adequada, agende uma consulta online comigo clicando no link do WhatsApp na lateral direita do site. Juntos, podemos criar um plano alimentar personalizado que atenda às suas necessidades e promova a sua saúde.

Espero que este artigo tenha esclarecido suas dúvidas sobre a Dieta para APLV. Lembre-se, a orientação profissional é fundamental para alcançar resultados saudáveis e sustentáveis. Até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *