Publicado em Deixe um comentário

Melatonina para que serve


A melatonina é amplamente reconhecida como o hormônio do sono, desempenhando um papel essencial na regulação do ciclo circadiano e na promoção de um sono reparador. Este composto natural não apenas ajuda a sinalizar o corpo para o momento de descansar, mas também oferece uma gama de benefícios que vão além do sono, fazendo dela um tópico de interesse para muitas pessoas buscando melhorar sua qualidade de vida.

Um dos usos mais comuns da melatonina é para o tratamento de insônias, onde tem mostrado eficácia em ajudar os indivíduos a adormecer mais rapidamente e a melhorar a qualidade do sono. Isso é particularmente relevante em uma sociedade onde o estresse e a exposição constante a telas podem perturbar os ritmos naturais do corpo. Além disso, para aqueles que enfrentam desafios como o jet lag ou horários de trabalho irregulares, a suplementação de melatonina pode ser uma ferramenta valiosa para realinhar o relógio biológico, facilitando a adaptação a novos fusos horários ou rotinas.

Além de seus efeitos sobre o sono, a melatonina tem sido associada a propriedades antioxidantes, sugerindo um potencial benefício na proteção contra o estresse oxidativo e na promoção da saúde ocular e cardiovascular. Seu papel no sistema imunológico também é objeto de estudo, com pesquisas indicando que a melatonina pode ter efeitos imunomoduladores.

Apesar de seus muitos benefícios potenciais, a suplementação de melatonina deve ser abordada com cautela, pois, como qualquer suplemento, pode apresentar efeitos colaterais em algumas pessoas, incluindo sonolência diurna ou dores de cabeça. É essencial começar com doses baixas e, idealmente, consultar um profissional de saúde antes de iniciar o uso, especialmente para crianças ou pessoas com condições de saúde específicas.

Referências:

Eficácia da melatonina no tratamento de distúrbios primários do sono em adultos – Este estudo, publicado na PubMed em 2016, avalia a eficácia da melatonina no tratamento de distúrbios do sono, como insônia e síndrome da fase do sono atrasada, utilizando ensaios controlados randomizados​​.

A eficácia da melatonina para promover um sono saudável: uma avaliação rápida da evidência – Uma revisão sistemática realizada e publicada no Nutrition Journal explorou a eficácia da melatonina em otimizar o sono ou melhorar a qualidade do sono em uma população ativa de adultos, incluindo trabalhadores por turnos e pessoas com jet lag. A maioria dos 35 ensaios clínicos randomizados incluídos foi classificada como de alta qualidade, e a análise abordou diversas medidas de resultados objetivas e/ou subjetivas relacionadas ao sono​​.

Impacto da suplementação de melatonina – Um artigo disponível na Oxford Academic discutiu o impacto da suplementação de melatonina, mas os detalhes específicos sobre o foco do estudo ou os resultados não estão imediatamente disponíveis através do resumo fornecido


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *