Publicado em Deixe um comentário

Por que eu indico iogurte natural para todos os meus pacientes : a ciência por trás dos alimentos fermentados

Alimentos fermentados existem há milhares de anos e se tornaram cada vez mais populares nos últimos tempos, à medida que as pessoas se interessam mais por formas naturais de melhorar sua saúde. A fermentação também tem sido utilizada como método de preservação, permitindo que os alimentos sejam armazenados por períodos mais longos. Nesta postagem do blog, exploraremos a ciência por trás dos alimentos fermentados, como eles podem transformar sua saúde de dentro para fora e maneiras de inclui-los à sua dieta.

Noções básicas de fermentação: o que é e como funciona.

A fermentação é um processo que ocorre quando microorganismos como bactérias, fungos ou leveduras quebram açúcares ou carboidratos na presença de oxigênio ou na falta dele. Isso resulta na produção de vários compostos, como ácidos, álcoois e gases, que podem transformar o sabor, a textura e as propriedades nutricionais dos alimentos.

Uma das principais alterações nutricionais que ocorrem por meio da fermentação é o aumento da biodisponibilidade dos nutrientes. As bactérias benéficas dos alimentos fermentados decompõem os carboidratos complexos e as proteínas, facilitando a absorção pelo nosso sistema digestivo. A fermentação também aumenta os níveis de compostos benéficos, como vitaminas, antioxidantes e aminoácidos nos alimentos.

O Papel dos Alimentos Fermentados na Saúde Intestinal.

Alimentos fermentados demonstraram desempenhar um papel crítico na saúde intestinal. Nosso intestino abriga trilhões de microrganismos, incluindo bactérias e fungos, que desempenham papéis importantes em várias funções fisiológicas, como digestão, metabolismo e função imunológica.

Comer alimentos fermentados ajuda a diversificar o microbioma, promovendo o crescimento de bactérias benéficas que contribuem para a saúde intestinal ideal. Em particular, alimentos fermentados como iogurte, kefir e kimchi contêm grandes quantidades de cepas de Lactobacillus e Bifidobacterium, que são conhecidas por ajudar a regular a função imunológica, reduzir a inflamação e melhorar a absorção de nutrientes.

Os benefícios para a saúde dos alimentos fermentados.

Os alimentos fermentados têm uma série de benefícios para a saúde, principalmente devido ao seu impacto no microbioma intestinal. Um intestino saudável é crucial para a saúde geral, e as bactérias benéficas desempenham um papel crucial na modulação da função imunológica e na redução da inflamação.

Estudos demonstraram que consumir alimentos fermentados regularmente pode ajudar a prevenir doenças crônicas, como obesidade, diabetes tipo 2 e doenças cardíacas. Além disso, alimentos fermentados demonstraram ter propriedades antibacterianas, antifúngicas e antivirais, tornando-os uma ferramenta útil para combater infecções.

Outros benefícios potenciais dos alimentos fermentados.

Além de suas propriedades de reforço imunológico e prevenção de doenças, os alimentos fermentados têm sido associados a uma série de outros benefícios à saúde. Alguns estudos sugeriram que consumir alimentos fermentados pode melhorar a saúde mental, reduzir alergias e até melhorar a saúde da pele.

Embora a evidência de alguns desses benefícios ainda esteja surgindo, está claro que os alimentos fermentados são uma adição valiosa a qualquer dieta saudável.

Como Incluir Alimentos Fermentados em Sua Dieta.

Iogurte natural

O iogurte é um conhecido alimento fermentado que tem sido usado há séculos. É feito de leite que foi fermentado com bactérias do ácido láctico, como Lactobacillus bulgaricus e Streptococcus thermophilus. O iogurte é uma excelente fonte de proteína e cálcio, e as culturas vivas que ele contém ajudam a manter a saúde intestinal.

Ao escolher o iogurte, é importante optar por variedades simples e sem açúcar para evitar o excesso de açúcar. Você pode adicionar sabor adicionando frutas frescas ou um fiozinho de mel.

Kefir e Kombuchá.

Kefir e kombucha são duas outras bebidas fermentadas populares que ganharam popularidade nos últimos anos. O kefir é uma bebida láctea fermentada semelhante ao iogurte, mas com uma consistência mais fina e um sabor mais picante. Ele contém grandes quantidades de bactérias e leveduras benéficas e é uma boa fonte de proteína e cálcio.

Kombucha é uma bebida de chá fermentada feita com uma cultura de bactérias e leveduras. É uma rica fonte de antioxidantes e pode ajudar a promover a saúde intestinal. Tanto o kefir quanto o kombucha podem ser facilmente encontrados em lojas de produtos naturais ou feitos em casa.

Picles, chucrute e outros vegetais fermentados.

Legumes fermentados são outra excelente maneira de adicionar bactérias benéficas à sua dieta. Chucrute, picles e kimchi são exemplos de vegetais fermentados ricos em probióticos amigáveis ​​ao intestino. Eles também são baixos em calorias e uma excelente fonte de fibras e vitaminas.

Você pode facilmente fazer seus próprios vegetais fermentados em casa, conservando seus vegetais favoritos em água salgada e deixando-os fermentar por alguns dias a algumas semanas.

Vinagre.

Embora a maioria das pessoas não pense no vinagre como um alimento fermentado, na verdade ele é feito por meio da fermentação do etanol. O vinagre é uma excelente maneira de adicionar um sabor picante aos seus pratos favoritos e pode ser usado em molhos para salada, marinadas e molhos.

Kimchi.

Kimchi é um prato fermentado coreano feito de repolho, rabanete e uma variedade de especiarias. É um prato picante e picante que se tornou cada vez mais popular nos últimos anos. Kimchi é rico em bactérias benéficas lactobacilos e também é uma boa fonte de vitaminas e minerais.

Você pode facilmente comprar kimchi nas lojas ou fazer o seu próprio em casa com alguns ingredientes simples.

Tenha um nutricionista para orientar sua dieta.

Embora os alimentos fermentados sejam geralmente considerados seguros e saudáveis, é sempre uma boa ideia consultar um nutricionista ou profissional de saúde antes de fazer qualquer mudança significativa na dieta. Eles podem ajudar a garantir que você esteja recebendo todos os nutrientes de que precisa e orientá-lo sobre como incorporar alimentos fermentados em sua dieta de maneira segura e eficaz.

Em conclusão, os alimentos fermentados são uma adição valiosa a qualquer dieta saudável. Eles demonstraram melhorar a saúde intestinal, aumentar a imunidade e prevenir doenças crônicas. Ao incorporar alimentos fermentados como iogurte, kefir, kombucha e kimchi em sua dieta, você pode controlar sua saúde de dentro para fora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *