Publicado em Deixe um comentário

Suplemento alimentar para idosos

Olá, sou a Dra. Larissa Scharf, nutricionista. A suplementação alimentar em idosos é um tema que merece atenção especial, visto que pode influenciar significativamente a qualidade de vida nesta fase. Através da minha experiência e considerando estudos recentes, vamos abordar como a suplementação pode ser benéfica para os idosos.

Ao considerar a suplementação nessa fase, é essencial focar em nutrientes chave que podem não ser suficientemente consumidos através da dieta. Estudos e recomendações de instituições como o National Institute on Aging e especialistas em saúde sugerem a importância de vitaminas e minerais específicos para essa faixa etária. Entre os suplementos mais recomendados estão a vitamina D, que pode ser essencial para aqueles com limitada exposição ao sol ou com capacidade reduzida de sintetizar a vitamina, e a vitamina B12, essencial para a saúde dos nervos e células sanguíneas e que pode ser menos absorvida devido a mudanças no estômago relacionadas à idade. O cálcio é vital para a saúde óssea, especialmente em mulheres pós-menopáusicas, mas deve-se buscar a ingestão através de fontes alimentares para evitar os riscos associados aos suplementos. A vitamina B6, envolvida na proteção dos nervos e na formação de células sanguíneas, e o Acetyl-L-Carnitine, que pode ajudar a combater a fadiga relacionada à idade e o declínio cognitivo, também são frequentemente destacados.

Além das vitaminas e minerais essenciais, como vitamina D, B12, cálcio, B6 e Acetyl-L-Carnitine, as enzimas digestivas surgem como um suplemento potencialmente benéfico para idosos. Com a idade, o corpo pode experimentar uma diminuição na produção de enzimas digestivas naturais, o que pode afetar a eficiência da digestão e absorção de nutrientes. A suplementação com enzimas digestivas pode auxiliar na quebra de proteínas, gorduras e carboidratos, facilitando uma melhor absorção e aproveitamento dos nutrientes essenciais provenientes da dieta. Isso pode ser particularmente útil para idosos que enfrentam desconfortos digestivos ou condições como a síndrome do intestino irritável e má absorção. No entanto, como qualquer suplemento, a introdução de enzimas digestivas deve ser discutida com um profissional de saúde, para garantir que seja apropriada para as necessidades individuais e não interfira com medicações existentes ou condições de saúde.

Qual a importância da proteína de soro de leite(whey protein)para idosos com sarcopenia?


A proteína de soro de leite (whey protein) é extremamente benéfica para idosos com sarcopenia, pois promove o aumento da massa muscular e melhora a funcionalidade dos membros inferiores. Isso é especialmente verdadeiro quando essa suplementação é aliada a exercícios físicos adaptados à idade do indivíduo, potencializando os benefícios na preservação da força muscular e na prevenção de quedas, comuns nesta fase da vida.

Os suplementos podem ajudar no ganho de peso em idosos?


Sim, suplementos ricos em proteínas e calorias demonstram ser eficazes no ganho de peso de idosos, especialmente aqueles que estão em risco de desnutrição ou já se encontram desnutridos. Este ganho de peso não apenas contribui para a melhoria do estado geral de saúde, mas também pode auxiliar na recuperação de doenças e na manutenção de uma reserva nutricional adequada.

A suplementação pode reduzir a mortalidade em idosos?


Há evidências que sugerem que a suplementação em idosos, especialmente os desnutridos, pode contribuir para a redução da mortalidade. Este efeito pode estar relacionado à melhoria do estado nutricional e ao fortalecimento do sistema imunológico, o que diminui a vulnerabilidade a infecções e outras complicações de saúde.

Existe algum benefício dos suplementos na redução de complicações em idosos?


Os suplementos podem ter um papel na redução de complicações em idosos, sugerindo que uma nutrição adequada é um pilar fundamental na prevenção de diversos problemas de saúde. Contudo, é essencial que mais pesquisas sejam realizadas para solidificar essa conexão e oferecer diretrizes claras sobre a suplementação.

Os suplementos podem melhorar a funcionalidade em idosos?


Até o momento, os estudos não têm mostrado uma melhora significativa na funcionalidade ou na redução do tempo de internação hospitalar devido à suplementação. No entanto, isso não diminui a importância de uma nutrição adequada para a manutenção da independência e qualidade de vida dos idosos.

A vitamina D é importante para a saúde mental dos idosos?


A vitamina D tem mostrado potencial benefício na saúde mental, incluindo o alívio de sintomas depressivos em idosos. Uma adequada suplementação de vitamina D, portanto, pode desempenhar um papel essencial não apenas na saúde óssea, mas também no bem-estar emocional e cognitivo.

Quais são as doses recomendadas de vitamina D para idosos?


As doses de vitamina D para idosos variam de acordo com as necessidades individuais, exposição solar, absorção e outros fatores. Doses diárias de 1500 a 2800 IU têm sido utilizadas em estudos com resultados positivos. É vital consultar um nutricionista para uma recomendação personalizada.

Quanto tempo leva para os suplementos mostrarem efeito em idosos?


O tempo para observar os efeitos da suplementação pode variar, com estudos variando de 8 a 12 semanas, e alguns se estendendo por até 6 meses. A resposta individual também pode variar, tornando essencial o acompanhamento regular com um profissional de saúde.

Quais são os possíveis efeitos colaterais da suplementação em idosos?


Os efeitos colaterais da suplementação em idosos podem incluir desconfortos gastrointestinais, como náuseas ou diarreia. É importante iniciar a suplementação sob orientação de um profissional para ajustar a dosagem conforme necessário e minimizar potenciais efeitos adversos. Consultas frequentes e monitoramento podem ajudar a ajustar a suplementação conforme necessário.

Como saber se a suplementação é adequada para mim ou para um ente querido idoso?


A decisão sobre a suplementação deve sempre ser baseada em uma avaliação individualizada, considerando o estado de saúde, histórico médico, e necessidades nutricionais específicas. Uma consulta com um nutricionista pode oferecer insights valiosos e um plano de suplementação personalizado que atenda às necessidades únicas do idoso, garantindo benefícios máximos e minimizando riscos.

Se você está buscando orientações específicas sobre suplementação para si mesmo ou para um ente querido idoso, estou aqui para ajudar. Uma consulta online pode ser o primeiro passo para um plano de nutrição personalizado que atenda às suas necessidades específicas. Convido você a agendar seu horário clicando no link do WhatsApp que você encontrará na lateral direita do nosso site. Juntos, podemos trabalhar para melhorar sua saúde e bem-estar através de uma nutrição adequada e suplementação consciente.

Referências:

https://www.nia.nih.gov/health/vitamins-and-supplements/dietary-supplements-older-adults

“The Impact of Whey Protein Supplementation on Sarcopenia Progression among the Elderly: A Systematic Review and Meta-Analysis” – Este estudo, publicado na revista Nutrients em abril de 2023, examinou o papel da suplementação de proteína de soro de leite na função de idosos com sarcopenia. Os resultados sugerem que a suplementação de proteína de soro de leite, combinada com exercícios físicos apropriados para a idade, pode melhorar a massa muscular e a função dos membros inferiores em idosos com sarcopenia, embora a suplementação por si só não tenha melhorado nenhum dos parâmetros ligados à sarcopenia testados​​.

“Protein and energy supplementation in elderly people at risk from malnutrition” – Este artigo, disponível na base de dados da Cochrane, de abril de 2009, concluiu que a suplementação resulta em um pequeno, mas consistente, ganho de peso em pessoas idosas. Em idosos desnutridos, a mortalidade pode ser reduzida, e há um efeito benéfico potencial sobre as complicações, embora não tenha sido encontrado nenhuma evidência de melhoria no benefício funcional ou na redução do tempo de internação hospitalar​​.

“Effect of Vitamin D Supplementation on Depression in Adults: A Systematic Review of Randomized Controlled Trials (RCTs)” – Publicado em Nutrients em fevereiro de 2023, este estudo revisou os efeitos da suplementação de vitamina D na depressão em adultos. Entre os estudos incluídos, a maioria apoiou o efeito positivo da suplementação de vitamina D em medidas psicológicas de depressão, embora três estudos não tenham suportado essa influência. A revisão destaca a necessidade de mais pesquisas para confirmar a eficácia da vitamina D na depressão, especialmente em idosos​

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *